Confissões de um coração rebelde…

“Não coloque o carro na frente dos bois…”

Quem nunca ouviu uma pessoa mais velha dizer esse ditado? Com certeza todos nós já fomos aconselhados uma vez ou outra a não sermos apressados, não nos adiantarmos e tomarmos decisões precipitadas sobre algo…

Enfim, o ditado em sí refere-se ao carro de boi, que obviamente só tem funcionalidade se for puxado pelos bois, e portanto se colocado na frente dos mesmos simplesmente não sairá do lugar…

Eu decidi usar esse ditado para falar sobre algo que andei observando: A precocidade dos mais jovens e sua pressa desesperada em crescer…

Não faz muito tempo não, quando eu era criança, permanecíamos crianças até nossos 14, 15 anos pra depois começarmos a aproveitar a fase da adolescência e juventude, para depois dos 21 começarmos a tão almejada vida adulta… E mesmo assim, aos 21 a maioria estava ainda aproveitando os primeiros namorados(as), os “bailinhos” na casa dos vizinhos, a faculdade e o primeiro emprego… Casamento, filhos… Tudo era ainda para o futuro…

Hoje parece que estamos “atropelando” as fases gostosas da vida… Não vemos crianças brincando, pois com tanta violência e o medo que ela gera, a amizade se resume a scraps no orkut e conversas no MSN, e desde cedo as crianças aprendem a ser impessoais e não sabem se relacionar muito bem no mundo real…

O namoro, que antes demorava mais um pouco pra começar, hoje se inicia nos 10, 11 anos, a vida sexual muitas vezes até antes disso e a criança age como adolescente e deixa de viver as duas fases…

Quando adolescentes, muitos já tem família constituída, e ao chegarem a idade adulta já tem seus filhos e muitas vezes até ja experimentaram um divórcio…

Me pergunto, por que tanta pressa em crescer? Por que colocar o carro na frente dos bois?

A geração atual está deixando de viver muitas das fases mais legais de sua vida e com elas as experiências…

Já não tem mais a paquera, a conquista, o romance… Não há tempo para isso, hoje o negócio é “ficar”, “catar” e etc… E tudo rápido, pra ontem, superficial e descartável…

É preciso reaprender a ser criança, adolescente e adulto. 

A crescer de forma saudável (emocionalmente), viver cada fase e aprender com ela o que tem que ser aprendido… Não ter pressa de envelhecer, mas aproveitar cada ano vivido, cada lição e cada coisa aprendida…

Crianças devem brincar, se relacionar, interagir…

Adolescentes devem aprender a crescer e ter ajuda e orientação para prepará-lo para a próxima fase…

Por isso, chega de pressa, cada coisa na sua hora…

Não é o tempo que faz você, mas você faz seu tempo…

Por RebelHeartBR

About these ads

Comentários em: "Colocando o carro na frente dos bois…" (3)

  1. Me lembrei do meu primo Zeco, falecido este ano (vc leu o texto que escrevi sobre o gigante?). Certa vez, eu ainda criança e ele já recem-formado em engenharia, disse-lhe que gostaria de ser adulto. Ele me disse: “Você deve querer ser o que você é agora, só isso.”
    Nunca me esqueci disso, mesmo só tendo uns 6 anos na época.

    Beijos

    • É tem coisas que nos marcam pra sempre, e é sempre bom quando essas coisas são ensinamentos que levamos por toda nossa vida…

      bjs

  2. Vc ta certo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 227 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: