Confissões de um coração rebelde…

Quantas pessoas conhecemos que podemos dizer realmente ser felizes com suas escolhas na vida? Na verdade são bem poucas. A maioria vive uma felicidade de fachada. Sempre baseou suas escolhas em fatores como família, dinheiro, aceitação… Mas deixou de ouvir a opinião mais importante: a própria!

Durante o decorrer de nossa vida, sempre ouvimos aquela vozinha interior, que indica o caminho, que busca orientar nossos passos e decisões. Essa voz vem do coração, e ela sabe melhor do que ninguem dos nossos gostos e vocações. Costumo dizer que isso é o “chamado”, mas que muitas vezes ignoramos por medo… Medo de falhar, medo de ser diferente, medo de não agradar.

Isso ja aconteceu comigo inúmeras vezes. Sempre busquei agradar a todas as pessoas a minha volta com minhas escolhas, mas sempre me esquecia de mim. E eu? Então assim por muito tempo vivi uma vida pela metade, ignorando a parte mais importante dela, o que era ideal para mim, o meu chamado.

Sempre amei a Psicologia. Quando fecho os olhos, consigo vislumbrar um futuro brilhante nessa área, onde posso ajudar as pessoas. Mas por percalços do destino, acabei fazendo um curso técnico em outra área para poder começar a trabalhar logo, pois precisava… E minha vocação ficou em segundo plano.

Nos sentimentos, a mesma coisa. Muitas vezes senti e desejei coisas que não poderia admitir para mim mesma. E vivendo assim foi me deixando cada vez me sentindo pior. Insatisfeita, irritada, sem perspectivas. Todos a minha volta felizes comigo, menos eu mesma, que estava usando uma máscara para as outras pessoas, enquanto minha essência pedia por socorro.

Esse ano decidi que já era hora de parar. Parar de fugir do meu chamado, da voz do meu coração e de quem eu realmente sou. Nossa, foi como tirar um peso enorme de minhas costas. Consegui compreender que quem me ama, vai continuar me amando de qualquer maneira, e se não for assim, é por que nunca me amou de fato. Decidi deixar cair as máscaras que usava para dar conforto aos outros e mostrar minha verdadeira forma. O que pude aprender com essa situação é que a vida pra mim só começou de fato depois de tudo isso. O que vivi antes, não era minha vida.

Tomei decisões muito importantes. Vou voltar a estudar e vou estudar aquilo que sempre amei, que é a Psicologia, esse é o meu caminho, sempre senti isso em meu coração e já era hora de deixar que ele tomasse as rédeas da minha vida. Consegui olhar para dentro de mim e me apaixionar por tudo o que sou, meus gostos, escolhas, amores e paixões. Pela primeira vez na vida estou verdadeiramente apaixonada por mim, com todos meus defeitos, qualidades, preferências e esquisitices… 😉

Deixem cair as máscaras. Ousem, amem o que são… Ouçam seu chamado, ouçam seu coração! Ele sabe melhor do que ninguem quem é você de verdade. Não tenha medo de errar, se cair, levante-se, mas nunca viva uma vida pela metade.

Deixem sua essência fluir, sinta-se maravilhoso, único e especial… Apaixone-se por você! E a vida para você vai começar de fato…

Por RebelHeartBR

Anúncios

Comentários em: "Não Ignore o seu “Chamado”" (1)

  1. Querida,
    Este chamando já estou ouvindo também.
    Bjo amo vc querida.
    Camila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: