Confissões de um coração rebelde…

Laços…

Mal dormi essa noite… Um turbilhão de pensamentos, idéias, revelações invadiram minha mente…

 

Eu sabia que uma pessoa muito próxima a mim não estava passando por um momento muito bom. Estava tendo que tomar algumas decisões difíceis e deverás dolorosa, estava passando por um momento de reflexão, auto análise, depurando as coisas que estava sentindo dentro de seu coração e tentando buscar o “porque” disso tudo…

 

Pra que a gente tivesse a chance de conversar e também para comemorar a fato de que ela havia fechado suas matérias desse ano na faculdade, combinamos de sair para celebrar.

Optamos por um programa leve, ficar em casa batendo papo, tomando uma cervejinha…

Conforme o tempo foi passando, algumas coisas que eu estava observando naquele bate papo me deixaram introspectiva. Quando estou chateada ou pensativa, fica muito evidente em mim, eu transpareço o que sinto, como costumo dizer, sou uma pessoa de personalidade transparente…

Como todos haviam notado que eu estava quieta, pensativa e até um pouco irritada, comecei a falar tudo aquilo que vinha a minha mente, tudo o que eu pensava a respeito da situação toda, do meu ponto de vista… No momento, cheguei até a pensar que havia pegado muito pesado, mas na verdade acredito que a palavra certa pra descrever a maneira como coloquei as coisas, foi que fui enfática, objetiva…

Não cabe a mim comentar aqui o teor da conversa, pois é algo particular, mas o que quero é dividir uma coisa que senti depois de tudo isso.

 

Nos falamos, dei meu ponto de vista, o que pensava sobre tudo aquilo e o por que de estar lhe falando aquelas coisas…

Uma coisa que sempre foi de minha personalidade, eu nunca gostei de “panos quentes”. Tem algo pra me dizer? Diga, por favor. Tem medo de me magoar? Não tenha, seja sincero, objetivo, claro. Essa pra mim é uma das maiores demonstrações de respeito que podemos encontrar em uma pessoa querida. Gosto de ser tratada com honestidade, sinceridade, e costumo tratar as pessoas que amo da mesma forma. Naquele momento senti realmente que tudo o que falei era preciso e que lhe serviria de alguma coisa.

 

Percebi que não foi fácil pra essa pessoa ouvir aquilo que eu estava falando, acho que ela até estava morrendo de vontade de me mandar pro inferno 😉 (rsrs), mas ao mesmo tempo, senti bem fundo que o que eu estava dizendo estava tocando sua alma, de forma profunda. Um ar aliviado brotou em seu semblante, vi uma lágrima correr por seu rosto, seguida de um sorriso de alívio. Aquilo que a muito havia sido semeado, estava pronto pra ser colhido.

 

Já em casa, sabendo que teria que acordar muito cedo, logo fui me deitar, mas foi ai que uma coisa muito interessante, doida e intensa aconteceu…

Sempre que fechava meus olhos e começava a pegar no sono, sentia uma vibração forte de energia, uma conexão, uma troca entre eu e ela… Senti com isso que aquilo que começou como uma conversa franca, havia ganhado em proporção, e subido ao nível espiritual da coisa. O que senti era que a sua energia se ligava a minha, trocando sensações, informações… Por assim dizer, senti que sua energia estava usando o conhecimento da minha, quase como se ela fosse aprendiz da minha alma… Essa sensação foi muito interessante, intensa e me deixou com uma sensação de alívio, paz, tranqüilidade…

É incrível sentir o quanto o ser humano está interligado com seus próximos, com a energia maior… Não foram preciso palavras… Só o encontro de nossas energias, nossas almas.

 

Acredito que essa pessoa deve ter sentido a mesma coisa, pois como disse, pelo menos pra mim a sensação foi marcante, intensa, quase palpável. Acho que tudo o que ela ainda precisava foi obtido através dessa experiência.

 

É a primeira vez que sinto essa “conexão” com tamanha intensidade. Isso reafirma algo do qual eu já tinha certeza: Os laços que nos unem são antigos e estreitos…

Sinto que minha missão nessa vida é cuidar dela, ensinar-lhe as coisas que sei, lhe orientar e mostrar o caminho para que ela prossiga com sua jornada. Sinto que talvez em uma outra vida não deva ter dado a importância que essa pessoa merecia, não estive ao seu lado como deveria ter estado… Mas dessa vez, sinto estar no caminho certo…

 

Por RebelHeartBR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: