Confissões de um coração rebelde…

Sou do tipo de pessoa que não consegue disfarçar… Seja lá o que for que estou sentindo ou pensando fica evidente em minha maneira de agir, e isso muitas vezes soa da maneira errada, as pessoas as vezes não conseguem compreender, que quando fico quieta, com o semblante sério, até mesmo com a cara “amarrada” é por que eu estou pensando… Analizando uma situação, tentanto entender melhor algo que estou sentindo ou que esteja se passando comigo…


As vezes, melhor, quase sempre, gosto de fazer as pessoas ao meu redor se sentirem bem, queridas, realizadas… Gosto de ouvir e ajudar naquilo que é possível… Mas quando é em relação a mim, eu não sei expressar o que sinto, nem o que desejo… Tenho receio de pedir as coisas pra mim… E as vezes sinto um vazio por conta disso… 


Nos meus momentos mais frágeis, sempre que pensei em recorrer a alguem pra me auxiliar, sentia que alguem precisava mais de mim do que eu precisava de outra pessoa, e acabava deixando pra depois as minhas aflições…


Querendo ou não chegou um ponto onde isso acumulou… Me senti perdida, sem rumo… 


Hoje aprendi a olhar um pouco mais pra mim, mas ainda não sei as vezes pedir aquilo que preciso… Tento ser auto suficiente, o que dá certo na maioria das vezes, mas sei que em algumas ocasições um ombro amigo, uma palavra de consolo, incentivo ou a simples compreensão se fazem necessários…


Tem momentos que vivo que chamo de Spa Day… Que são dias que tiro pra sumir do mapa e cuidar de mim e das pessoas que gosto… Esqueço da vida, do emprego dos problemas, de tudo… Mas as vezes quando tenho que voltar a realidade, fico nostalgica, pensativa… As vezes chego a sentir que não aproveitei o suficiente… Não queria me sentir dessa forma…

Queria que nem que fosse por um minuto, que esses momentos que tiro pra mim soassem como uma eternidade…


Na verdade, queria que eles realmente durassem pra sempre, mas como sei que não é possível, não devo me deixar abater quando eles acabam, pois sei que em breve estarei tendo a chance de viver esses momentos novamente, e a espera deveria ser um “q” a mais para torná-los ainda mais especiais…


O que quis dizer com esse desabafo: Desculpem-me se as vezes sou dificil de entender, se minhas emoções afloram com mais facilidade e se fico as vezes triste e pensativa… Sou só uma pessoa que ainda tem muito a aprender e que não sabe direito pedir aquilo que precisa pras pessoas que me amam… Preciso muito de pessoas que entendam e me ajudem nessa jornada e que possam me ensinar aquilo que ainda não sei e aprender comigo as coisas que posso ensinar…


Enfim, é isso… Eu não sei pedir, mas vou aprender… 😉

melancolia

por RebelHeartBR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: