Confissões de um coração rebelde…

Posts marcados ‘Responsabilidade’

De quem é a culpa mesmo?

“Já tive vário(a)s namorado(a)s, com nenhum(uma) fui feliz…
Tive diversos empregos, nenhum deles me valorizou….
Já frequentei inúmeras religiões, em nenhuma delas encontrei respostas…”

Nunca se sentiu feliz, nunca se sentiu valorizado(a), nunca encontrou respostas… 
O problema não são os(as) ex namorados(as), os antigos empregos e as religiões que buscou. O problema é que você ainda não aprendeu que a responsabilidade pelas coisas em sua vida são SUAS e não culpa de ninguém. 

Quem vive frustrado, infeliz e gosta de culpar o outro, o trabalho, a religião ou o universo, não tem amor próprio, tem baixa auto estima e não assume as rédias e nem a responsabilidade pela própria vida. Quando se aprende a fazer isso, toda vez que algo dá errado, tentamos começar a mudança primeiramente pelas nossas atitudes ao invés de culpar covardemente os demais por nossas mazelas… E ao assumirmos essa responsabilidade, evoluímos, crescemos, aprendemos e mudamos quando preciso.

Pais, façam um favor aos seus filhos e a sociedade. Ensinem-lhes a ser responsáveis, a ter caráter, humanidade e fé. Não passem a mão na cabeça deles quando errarem como se nada tivesse acontecido, e muito menos corrijam os erros deles, mas ao invés disso, mostrem onde erraram e os orientem para que aprendam a corrigir.

Nossa sociedade hoje está desorientada como está por que temos uma geração de pessoas que cresceu sem saber o que é ser responsável e independente. Uma geração que não sabe nada sobre ação e consequência. Uma geração que não sabe pensar…

Ainda dá tempo de mudar, devemos começar por nós mesmos. Pois ao melhorarmos nossas atitudes, nos tornamos o reforço positivo, hoje inexistente em nossa sociedade.

Por Ka

Imagem

Anúncios

Carta de um Bebê

203_1239-feto  

Oi mamãe, tudo bom? Eu estou bem, graças a Deus faz apenas alguns dias que você me concebeu em tua barriguinha. Na verdade, não posso explicar como estou feliz em saber que você será minha mamãe, outra coisa que me enche de orgulho é ver o amor com que fui concebida.

Tudo parece indicar que eu serei a criança mais feliz do mundo! Mamãe, já passou um mês desde que fui concebida, e já começou a ver como o meu corpinho começa a se formar, quer dizer, não estou tão linda como você, mas me dê uma oportunidade! Estou muito feliz! Mas tem algo que me deixa preocupada…

Ultimamente me dei conta de que há algo na sua cabeça que não me deixa dormir, mas tudo bem, isso vai passar, não se desespere. Mamãe, já passaram dois meses e meio, estou muito feliz com minhas novas mãos e tenho vontade de usá-las para brincar…

Mamãe me diga o que foi? Por que você chora tanto as noites?? Por que quando você e o papai se encontram, gritam tanto um com o outro?

Vocês não me querem mais ou que? Vou fazer o possível para que me queiram… Já se passaram 3 meses, mamãe, te noto muito deprimida, não entendo o que está acontecendo, estou muito confusa. Hoje de manhã fomos ao médico e ele marcou uma visita amanhã. Não entendo, eu me sinto muito bem… por acaso você se sente mal mamãe?

Mamãe, já é dia, onde vamos? O que está acontecendo mamãe??

Porque choras?? Não chore, não vai acontecer nada… Mamãe, não se deite, ainda são 2 horas da tarde, não tenho sono, quero continuar brincando com minhas mãozinhas.

Ei!! O que esse tubinho está fazendo na minha casinha?? É um brinquedo novo??

Olha!!! Ei, porque estão sugando minha casa?? Mamãe!!!

Espere, essa é minha mãozinha!!! Por que a arrancou??

Não vê que me machuca?? Mamãe, me defenda!!! Mamãe, me ajude!!!

Não vê que ainda sou muito pequena para me defender sozinha??

Mãe, a minha perninha, estão arrancando!!

Diga para eles pararem, juro a você que vou me comportar bem e que não vou mais te chutar. Como é possível que um ser humano possa fazer isso comigo?

Ele vai ver só quando eu for forte e grande… aí…mamãe, já não consigo mais… aí … mamãe, mamãe, me ajude…

Mamãe, já se passaram 17 anos desde aquele dia, e eu daqui de cima observo como ainda te machuca ter tomado aquela decisão.

Por favor, não chore, lembre-se que te amo muito e que estarei aqui te esperando com muitos abraços e beijos.

Te amo muito, Seu bebê.

(autor desconhecido)

Abortar simplesmente por não querer ter filhos pode até ser chamado de opção, mas é muito cruel com a vida que você tirou.

Aborto só deve ocorrer em casos de estupro ou risco de vida. No mais, pense melhor e receba de braços abertos essa pequena vida que Deus confiou a ti.

Consciência para vocês…

Por RebelHeartBR

Nuvem de tags